MASSIVE ATTACK – “TEARDROP”

Embora “Teardrop” seja considerada só a flor bela de Mezaninne (e o crédito todo vá para a também incrível “Inertia Creeps”), os vocais angelicais de Elizath Fraser merecem mais atenção.

O contraste no qual a canção opera é bastante evidente: a tranquilidade da voz de Fraser versus as batidas repetitivas e às vezes sinistras, o solo de piano contra a atmosfera asfixiante. Por isso me talvez me lembre demais “How To Disappear…” do Radiohead.

Elizabeth disse que essa canção foi escrita para Jeff Buckley, morto na época. Faz sentido. E só agora percebo que tenho uma forte ligação com canções que discursam sobre a morte. Estranho, senão sinistro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s