Reflexões sobre o estranho

Gothic criticism, of which there is a vast boiling vat these days, has been rendering down the ectoplasmic energy of “spectrality” into sound bites for 25 years, while critics seem to arrive pre-loaded with cookie-cutter cribs from Freud’s “The Uncanny,” in which they laboriously explain yet again that the term unheimlich means rather more literally …

Algo importante: eis algo que escrevi num outro blog há algum tempo e que acredito, agora, que serve mais aqui do que em qualquer outro lugar. Enfim, eis o que tive a dizer nessa oportunidade. No começo da semana, tive a oportunidade de viajar para ter uma reunião com alguns clientes de bem longe (Goiás, …

Documentar é importante

Mais cedo esse ano, Lena Willikens passou pela NTS e dedicou oito horas de sua existência a um set um tanto quanto... Estranho. A rádio disponibilizou duas dessas oito horas para streaming. O resultado disso tudo está aqui.

I’m selfish and determined to make the worst of everything. I’m sorry language is a ship that goes down while you’re building it. Michael Robbins, "You Haven't Texted Since Saturday" no The Paris Review.